NOTÍCIAS

60 anos do golpe militar: os metalúrgicos e a luta pela democracia

Neste 1º de abril, completam-se 60 anos do golpe militar, regime que reprimiu, torturou e matou os melhores homens e mulheres do nosso país. Sufocou sindicatos, promoveu intervenções e atacou os direitos dos trabalhadores.

Nosso Sindicato, que este ano completará 107 anos de luta, sempre foi um personagem ativo em defesa dos trabalhadores, da democracia e da soberania nacional. Não por acaso, nossa Casa foi palco de episódios históricos, um deles foi a conhecida Revolta dos Marinheiros, um dos estopins para o famigerado golpe.

A Revolta dos Marinheiros ocorreu entre os dias 25 a 27 de março de 1964, organizados pela Associação dos Marinheiros e Fuzileiros Navais do Brasil.

O aniversário de dois anos da Associação, no dia 25, foi comemorado no Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro. Cerca de dois mil marinheiros estavam no local, quando o então ministro da Marinha, Sílvio Mota, ordenou a prisão dos 40 organizadores do evento, já que a entidade tinha como objetivo a luta pelos direitos dos marinheiros. Em reação, os marinheiros se recusaram a abandonar o local até o cumprimento de uma série de demandas.

O presidente João Goulart destituiu o ministro e nomeou Paulo Mário da Cunha Rodrigues, que assumiu as negociações. No dia 27, ele acertou a saída dos amotinados e declarou a anistia dos marujos. Era a vitória do movimento dos marinheiros.

Poucos dias depois, militares da alta patente, com o apoio dos EUA, deram o golpe, que durou 21 anos. Nosso Sindicato sofreu uma forte intervenção, com a cassação da diretoria eleita democraticamente. Mas isso não arrefeceu a luta dos metalúrgicos, que mesmo sofrendo forte repressão, continuaram na luta em defesa de seus direitos e pela democracia, finalmente conquistada em 1985.

250 total views, 2 views today

Sindimetal-Rio

Sindicato classista e de luta

Fundado em 1º de maio de 1917.

O Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro, fundado em 1º de maio de 1917, continua sendo o principal instrumento de luta e de atuação da categoria. Tem uma rica história em prol do Brasil, da democracia e em defesa dos trabalhadores. O Sindicato, consciente do seu papel, segue firme, buscando sempre a valorização do trabalhador e a construção de uma sociedade mais justa e igualitária, a sociedade socialista.

Saiba mais