NOTÍCIAS

Patrões jogam duro e não querem dar aumento real. Sindicato convoca assembleia para o dia 19, 18h

Até o momento, as negociações praticamente não avançaram com as entidades patronais, que seguem sem dar a verdadeira valorização aos trabalhadores.

De acordo com a pauta aprovada em agosto, em assembleia, o Sindimetal-Rio cobra o aumento real da categoria, com a reposição da inflação, mais 2%.

O Sinaval só sinalizou com o reajuste de 3%, índice menor do que a inflação. A próxima reunião acontecerá somente no dia 17 de outubro. Além disso, eles querem impor um teto no aumento dos salários. Em relação ao Grupo-19 (Firjan), os patrões querem dar apenas a inflação (INPC).

Porém, em uma  chantagem dizem que podem oferecer algo mais caso o Sindicato aceite o famigerado banco de horas na convenção. Novas conversas devem acontecer neste mês de outubro. Já o Sindirepa até agora não apresentou qualquer proposta e marcou a primeira reunião apenas para 16 de outubro. O Sindicato já tem percorrido as empresas e feito diversas assembleias com os trabalhadores.

Agora, é hora de intensificar essa mobilização e, se necessário, iniciar as paralisações, pois parece que só assim os patrões vão nos ouvir. Então cola com a gente, participe das assembleias na porta da sua empresa. Juntos podemos conquistar mais!!!

Assembleia geral
Dia 19 de outubro (quinta-feira) – 18h, na sede do Sindicato
Pauta: informes da campanha salarial e deliberação sobre a decretação de estado de greve

3,912 total views, 2 views today

Sindimetal-Rio

Sindicato classista e de luta

Fundado em 1º de maio de 1917.

O Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro, fundado em 1º de maio de 1917, continua sendo o principal instrumento de luta e de atuação da categoria. Tem uma rica história em prol do Brasil, da democracia e em defesa dos trabalhadores. O Sindicato, consciente do seu papel, segue firme, buscando sempre a valorização do trabalhador e a construção de uma sociedade mais justa e igualitária, a sociedade socialista.

Saiba mais