NOTÍCIAS

Em Brasília, Sindimetal-Rio debate plano nova indústria

A direção do Sindimetal-Rio esteve neste dia 18 em Brasília, onde ocorreu a audiência pública sobre o plano Nova Indústria, do governo federal, no Senador Federal, sob a coordenação do senador Paulo Paim.

O Nova Indústria Brasil (NIB) consiste em um plano de ações para estimular o desenvolvimento do setor industrial e pretende estimular a inovação e a sustentabilidade com investimentos estimados em até R$ 300 bilhões em setores estratégicos. Atualmente, o setor industrial representa 24% do Produto Interno Bruto brasileiro, percentual bastante inferior ao setor de serviços, por exemplo, mesmo pagando proporcionalmente mais tributos.

IBP e Petrobras debatem indústria naval

No Rio de Janeiro, o Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP) mapeou 48 estaleiros brasileiros e constatou que pelo menos seis estão desativados e nove estão ativos, mas atualmente não têm demanda de projetos navais.

A Petrobras participou da produção do levantamento. Segundo o presidente da estatal, Jean Paul Prates, a empresa, sendo a principal operadora petrolífera no país, tem uma responsabilidade como o pilar principal da demanda naval no Brasil.

“[A indústria naval] não é uma indústria antiquada, superada. Ela tem ciclos novos, que se renovam. [Além do petróleo] vamos continuar precisando de barcos de apoio para as usinas eólicas offshore, para transporte de passageiros, logística”, disse Prates. “Temos que deixar de colocar esse rótulo de que resgatar essa indústria é coisa antiquada, com cheiro de mofo.”

Segundo ele, há ainda projetos de embarcações de apoio que serão contratadas em breve pela Petrobras. Somente este ano, serão 34 contratações, sendo 24 já anunciadas neste mês. Dez serão anunciadas até o fim do ano.

No evento, ele também defendeu que o governo crie um Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Mar, para estimular a indústria naval.

“É preciso que governo, as entidades financeiras, Fundo de Marinha Mercante, todos participem desse processo também de financiamento dessa indústria. Uma demanda bem mapeada, contratos com agente extremamente sólido, com dinheiro garantido para investimento. Tudo isso não deveria ser difícil ter financiamento”, disse Prates.

Com informações da Agência Brasil

264 total views, 4 views today

Sindimetal-Rio

Sindicato classista e de luta

Fundado em 1º de maio de 1917.

O Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro, fundado em 1º de maio de 1917, continua sendo o principal instrumento de luta e de atuação da categoria. Tem uma rica história em prol do Brasil, da democracia e em defesa dos trabalhadores. O Sindicato, consciente do seu papel, segue firme, buscando sempre a valorização do trabalhador e a construção de uma sociedade mais justa e igualitária, a sociedade socialista.

Saiba mais