NOTÍCIAS

Trabalhadores tomam as ruas do Rio em defesa das estatais, pelo desenvolvimento e emprego

Milhares de trabalhadores de diversas categorias fizeram, nesta terça-feira (3), um gigantesco ato em defesa das estatais, pela soberania nacional, contra as privatizações e em defesa do emprego. O ato teve como ponto principal o aniversário de fundação da Petrobrás, criada no dia 3 de outubro de 1953.

A direção do Sindimetal-Rio, junto com outras categorias, fez a defesa da Petrobrás, como indutora do desenvolvimento brasileiro, principalmente para os metalúrgicos e o setor naval. Para o presidente do Sindicato, Jesus Cardoso, o governo não tem legitimidade para privatizar as empresas públicas e conclamou a todos para manter a mobilização pelo emprego e o desenvolvimento.

Os trabalhadores saíram em caminhada pela Avenida Presidente Vargas, onde receberam o apoio de milhares de pessoas do Movimento de Atingidos por Barragens (MAB), chegando até a Avenida Rio Branco, para o ato em defesa das estatais e contra as privatizações. No ato, trabalhadores da Petrobrás, Eletrobrás, Casa da Moeda e diversas categorias unificaram o grito de guerra contra a entrega do patrimônio público brasileiro.

O ato terminou na Avenida Chile, onde fica a Petrobrás, que neste dia 3 comemora sua data de fundação. No local, o ex-presidente Lula fez um vigoroso discurso em defesa das estatais e contra as privatizações das empresas estratégicas para o país.

678 total views, 2 views today

Sindimetal-Rio

Sindicato classista e de luta

Fundado em 1º de maio de 1917.

Em 2017, o Sindicato dos Metalúrgicos completará 100 anos e continua sendo o principal instrumento de luta e atuação da categoria no Rio de Janeiro. Tem uma rica história em prol do Brasil, da democracia e em defesa dos trabalhadores.

O Sindicato, consciente do seu papel, segue firme, buscando sempre a valorização do trabalhador e a construção de uma sociedade mais justa e igualitária, a sociedade socialista.

Saiba mais